INSTRUÇÃO: A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema: "Educação Familiar"

 

Texto I

 

Influência

Atribuir valores pessoais mediante um puro dom, uma espécie de talento natural, é um grande erro, pois toda pessoa é moldada e influenciada pelo ambiente onde vive e onde foi educada. Tome como exemplo a seguinte situação: uma criança nasce em meio a um bando de traficantes, todos marginais violentos e que consideram que qualquer tipo de ganho ilícito de crime é algo que devam praticar. Essa criança vai ter como referência na vida que o bom é fazer aquilo e que na verdade não há outro caminho a ser seguido.

Livre-arbítrio

Acreditar que essa criança nasceu com uma índole má é um grande erro, mas há também quem diga o contrário porque uma criança que nasce num berço em que todos são extremamente honestos de repente se envolve e começa a praticar crimes, como vemos hoje, principalmente jovens da classe média. Nesse caso cairia por terra a teoria que o ambiente influencia decisivamente na formação do caráter de uma pessoa, porém o que se observa é que numa família de pessoas honestas quando alguém se desvia desse caminho não quer dizer que a educação foi errada, mas que a pessoa teve liberdade e teve acesso a mais de um referencial, e por sua livre e espontânea escolha usou do livre arbítrio para escolher o que queria na vida.

Referência

Perceba que são diferentes as pessoas que não tiveram opção daqueles que tiveram opção. Logo, em bom português, é possível sim dar a uma pessoa uma referência de que ser honesto vale a pena. Eu já vi situações em que pessoas que tinham dúvidas sobre se valia a pena ou não, mudarem radicalmente a partir da convivência com alguém que era exemplar no item honestidade. Por isso, a recomendação de hoje é simples, nunca desista de ser um bom exemplo de honestidade no Brasil, evitando querer algo em troca porque para toda boa colheita é necessário primeiro fazer um bom plantio. 

 

Fonte: https://dcmais.com.br/blogs/uma-pessoa-ja-nasce-honesta-ou-aprende-a-ser-honesta/

 

Texto II

 

Honestidade é algo mais intrínseco, profundo, está ligado ao caráter, ao conjunto de valores e crenças que vamos adquirindo ao longo da vida. Porém, ainda não tive a sorte de encontrar um indivíduo se quer neste mundo, que comprovadamente é 100% honesto. Se você que lê conhece alguém, por favor me apresente. 

Contudo, podemos pensar que o caminho para fortalecimento pessoal do valor humano “Honestidade” é realmente uma jornada. Alguns dias somos mais honestos, outros dias nem tanto. Aqueles que são mais conscientes do que é ser honesto conseguem pôr em prática ações e comportamentos que quando mensurados definem um grau positivo de honestidade e alguns ainda não conseguem ou não querem – porém fingem que querem, pois ninguém admite não ser honesto.

Para o Barrett Values Centre, o valor honestidade está classificado também no nível 5 de consciência (de caráter individual), assim como os outros dois descritos anteriormente. Este nível de consciência está relacionado à coesão interna, o que significa que o indivíduo sendo honesto ou deixando de ser honesto está em busca de autoafirmação, está buscando ser alguém ou mostrar ser alguém. 

[...]

 

Fonte: https://www.evolucaohumana.com.br/